Photo
Contornando a censura da UEFA!
Sábado, 27 Outubro 2018
Torcida Verde


United People Against Football Business

O dia 25 de outubro foi a data da 3ª jornada da Liga Europa que teve lugar no estádio José Alvalade, disputado pelas 17h55 de um dia de semana. Mais uma demonstração de indiferença dos donos do futebol internacional em relação aos adeptos.

Para esta jornada apresentámos, desde a Bancada B, uma coreografia composta por uma megabandeira de 25ms por 10ms apoiada pela frase com 40ms "United People For The Popular Football".

Na bancada A foram apresentados estandartes "Tiffosi", "Hincha", "Torcedor", "Supporter", "Fan" e também as respectivas "traduções" em outras linguagens: "Chinês", "Indiano", "Grego", "Árabe" e "Judeu".

Uma coreografia que enalteceu a dimensão universal do Futebol como um desporto popular. Genuinamente popular nas suas origens, nas suas raízes. "Povos unidos pelo futebol popular" foi a frase apresentada ,completando uma megabandeira onde estava representado o mapa mundo ladeado por adeptos de diversas nações.

Uma coreografia que evidencia a dimensão transversal e multinacional do Futebol como um desporto na sua essência, popular. Este é um conceito que choca com um outro, cada vez mais predominante que afirma ser o Futebol um mero negócio. Um negócio televisivo e um negócio de paixões e emoções.

Para esta coreografia, a frase inicial idealizada foi "United People Against Football Business" (Povos unidos contra o futebol negócio). Infelizmente, sabíamos que a exemplo do que sucedera nas épocas anteriores, a UEFA iria certamente censurar essa frase.

Nesse contexto, a alternativa foi enaltecer o supra referido futebol como desporto popular, em antítese com o conceito futebol negócio.

Para o 2º tempo, foi apresentada uma coreografia de há muito idealizada e que o sortilégio das datas "exigiu" que fosse implementada no dia 25 de Outubro 2018. Uma data muito especial para um dos nossos jovens militantes, a quem prestámos um justo tributo.

"O essencial é invisível ao olhar" foi a frase escolhida, retirada do conhecido livro "O Princepezinho" de Antoine Saint - Exupéry.

Uma frase da Torcida Verde para alguém que se transformou numa inspiração para todos nós. Uma iniciativa intimista, necessariamente reservada mas absolutamente inadiável.

Vídeo >>>

 

 

Facebook Twitter YouTube Google+ RSS